Engenheiro desaparece durante passeio de bicicleta em Porto Ferreira
Diego Ruiz Barboza está desaparecido
(Fotos: Mônica Regina Marini Barboza Mostaço/Arquivo pessoal)

Familiares e amigos de Diego Ruiz Barboza estão à sua procura. O engenheiro de 30 anos foi visto pela última vez na manhã de domingo (12), quando saía para um passeio de bicicleta em Porto Ferreira (SP), e desde então não há informações sobre seu paradeiro.

Wladimir Celio Marini Barboza, pai de Ruiz, fez rondas em cidades da região e em cachoeiras, trilhas e campings, mas não encontrou pistas. O desaparecimento foi comunicado à polícia e o RG do engenheiro foi bloqueado.

Sem contato
Tia de Ruiz, Mônica Regina Marini Barboza Mostaço contou que ele foi visto pela última vez em uma ponte próxima à Fepasa.
No dia do desaparecimento, o engenheiro estava com o celular, mas as ligações caem na caixa postal. A família acredita que ele também tenha levado a carteira, mas não sabe se estava com dinheiro e os cartões de crédito e débito ficaram para trás.

Descrição
O engenheiro eletrônico mora no bairro Jardim Salgueiro, tem 1,80 m de altura, pele clara, olhos castanhos e é calvo.
No domingo, ele usava uma bermuda bege, camiseta cinza, tênis, óculos de grau e uma mochila com água e frutas.
Segundo Mônica, nos últimos meses o sobrinho não tinha um trabalho fixo, o que o deixava chateado, e estava fazendo terapia para depressão.

Telefones
Quem tiver informações sobre Ruiz pode entrar em contato com o pai dele pelo telefone (19) 9-7142-3020, com a tia, pelo telefone (19) 9-8330-1060, ou com a polícia.