Polícia Civil de Porto Ferreira prende suspeito de ter cometido crime de latrocínio na cidade.

 Na data de ontem (08), Policiais Civis da cidade de Porto Ferreira, equipes chefiadas pelo Delegado Dr. Eduardo Henrique Palmeira Campos prenderam três pessoas em nossa cidade.

Tais pessoas foram investigadas pela prática de vários roubos ocorridos em Porto Ferreira, entre os principais vários roubos em casas e veículos.

A prisão decorreu de Inquérito Policial que após várias diligências e investigações inclusive com a prisão em flagrante, pela polícia civil de uma receptadora de produtos ilícitos.

Destas prisões ocorridas um dos presos foi reconhecido como sendo o autor do “latrocínio”, ocorrido na quinta-feira (7) que vitimou uma comerciante.

Todos os presos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia, sendo elaborado o Boletim de Ocorrência, onde posteriormente foram encaminhados para a cadeia na cidade de São Carlos, onde permaneceram presos a disposição da Justiça.
 Polícia Civil de Porto Ferreira prende suspeito de ter cometido crime de latrocínio na cidade

Na data de ontem (08), Policiais Civis da cidade de Porto Ferreira, equipes chefiadas pelo Delegado Dr. Eduardo Henrique Palmeira Campos prenderam três pessoas em nossa cidade.

Tais pessoas foram investigadas pela prática de vários roubos ocorridos em Porto Ferreira, entre os principais vários roubos em casas e veículos.

A prisão decorreu de Inquérito Policial que após várias diligências e investigações inclusive com a prisão em flagrante, pela polícia civil de uma receptadora de produtos ilícitos.

Destas prisões ocorridas um dos presos foi reconhecido como sendo o autor do “latrocínio”, ocorrido na quinta-feira (7) que vitimou uma comerciante.

Todos os presos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia, sendo elaborado o Boletim de Ocorrência, onde posteriormente foram encaminhados para a cadeia na cidade de São Carlos, onde permaneceram presos a disposição da Justiça.
Policiais Militares recuperam moto roubada, localizam drogas e arma de fogo possivelmente usada em crime de Latrocínio

Ontem (08) por volta das 15hs, Policiais Militares policiais militares de Porto Ferreira, localizaram em uma área de mata no Bairro Porto Belo uma moto roubada dia antes em um crime de Latrocínio, uma arma de fogo e drogas.

Os Policias receberam uma informação de que de que um indivíduo loiro, cabelo raspado, de shorts preto e tatuagem no rosto abaixo do olho esquerdo, havia escondido uma motocicleta em uma mata, e que tal veículo poderia ser o que fora roubado em data anterior no qual na ação o infrator acabou por efetuar disparos de arma de fogo vitimando fatalmente uma comerciante.

De posse de tais informações os policiais foram averiguar onde iniciou-se uma vistoria na mata onde após incursão na mesma foi localizada uma moto Yamaha/YBR, veículo este o qual fora subtraído no dia anterior na referida ocorrência de Latrocínio.

Foi também localizado uma mochila de cor preta em meio aos arbustos a cerca de três metros da motocicleta, onde continha em seu interior uma faca, as chaves da referida moto e as roupas utilizadas pelo autor do crime. Foi localizado enterrado aos pé de uma árvore um pacote plástico contendo em seu interior a quantia de 53 pedras de crack, 216 porções de maconha, 707 eppendorfs com cocaína e mais cinco pacotes com pó branco semelhante a mesma droga.

Mais a frente cerca de trinta metros em meio a um monte de terra foi localizado semi enterrado uma arma de fogo do tipo revólver, marca Rossi, calibre 38, com numeração suprimida, tendo em seu tambor três munições do mesmo calibre intactas e duas deflagradas, arma esta idêntica à usada na ação criminosa na data anterior.

Diante a localização dos objetos, foi dado ciência da ocorrência ao Delegado de Polícia o qual fez o acionamento da Polícia Técnico Cientifica que efetuou o trabalho de Perícia. Foram passadas as informações para a Polícia Civil onde foi retransmitida as características do indivíduo que havia abandonado o veículo no local onde após diligências lograram êxito na localização do mesmo e posteriormente a localização de mais três indivíduos, sendo que um deles foi reconhecido como o autor dos disparos que vitimaram a comerciante bem como o reconhecimento do armamento.